Comunidade de saúde digital whizHealth

Chamado para a Comunidade de Saúde Digital Sticky

Você já conhece a Comunidade de Saúde Digital aqui no site da whizHealth? Se não, agora vai conhecer! 😉

 

Buscamos reunir num só lugar os projetos de saúde digital em andamento no Brasil e América Latina, facilitando o acesso e difusão destas informações para empreendedores, potenciais clientes e investidores desta vertical de mercado.

 

São mais de 70 startups que oferecem soluções para necessidades comuns entre pacientes, profissionais ou instituições de saúde, como por exemplo:

Continuar lendo

Podcast: A Comunidade entrevista os whizards – Eduardo Jorge Marinho de Queiroz Júnior

Buscando aproximar a Comunidade de Saúde Digital dos nossos whizards, a whizHealth propôs uma série de entrevistas, nas quais perguntas são feitas pelos próprios empreendedores, convidados a participar por e-mail. (quer participar dessa lista? Cadastre-se na Comunidade!)

A primeira entrevista foi realizada por Skype com o whizard Eduardo Jorge Marinho de Queiroz Júnior, que é Superintendente da Santa Casa de Misericórdia da Bahia.

Continuar lendo

Comentários sobre “O avanço digital na assistência à saúde” da PwC

A consultoria Price Waterhouse Coopers (PwC) publicou o estudo “O avanço digital na assistência à saúde”, que aborda algumas perspectivas do desenvolvimento deste setor em mercados emergentes como o Brasil (o estudo completo pode ser lido aqui).

 

Dentre muitos aspectos, comentamos aqui os que mais dizem respeito à vertical de saúde digital, influenciando empreendedores, fornecedores e gestores de saúde voltados a este importante segmento.

Continuar lendo

procurando a inovação

O hype da inovação: onde ela realmente está, afinal?

 

No senso comum, o conceito de inovação está associado ao universo da tecnologia, embora a realidade empresarial mostre que a inovação aplicada pode ser bem mais intangível e ampla – na saúde digital, por exemplo, o maior valor da inovação não costuma estar na tecnologia em si, mas no seu poder de criar redes que melhor conectam pessoas, informações e processos.

 

Em grandes organizações muito se fala (e se investe) para que a inovação esteja mais presente no dia-a-dia e estratégia futura da empresa. Por outro lado, no segmento de startups a inovação é pilar fundamental de todo e qualquer negócio. Mas será que é isso mesmo? Será que, tanto nas grandes quanto nas pequenas empresas, não estamos falando demais de inovação e subestimando a ação?

Continuar lendo

Investimentos em saúde digital: oportunidades para empresas de todos os tamanhos

Tablet e jornal sobre investimentos em saúde

 

O mercado de saúde tem ganhado considerável atenção de investidores no Brasil e no mundo. Enquanto no Brasil startups como Vitta, Dr.consulta e SaúdeControle recebem  aportes consideráveis e grandes fundos como Gávea e Pátria ampliam sua fatia neste setor, no exterior as giant techs Google, GE, Apple, Amazon, IBM e Intel também adquirem startups e desenvolvem tecnologias próprias para o cuidado em saúde.

 

Num mercado que já movimenta R$ 500 bilhões anuais no país, tais fluxos de investimento estão relacionados a duas fortes tendências supranacionais: a crescente digitização de processos e serviços – haja vista o enorme campo a ser desbravado nas clínicas e hospitais de papel e caneta – e o envelhecimento populacional nos países desenvolvidos e em desenvolvimento, que pressionam a indústria por mais e melhores tratamentos e soluções para qualidade de vida.

Continuar lendo

Vamos conversar sobre segurança da informação em saúde?

Tela dashboard de hospital

 

Recentes ataques cibernéticos que atingiram diversos países e o sistema de saúde do Reino Unido evidenciam a importância de se cuidar dos sistemas de informação online de forma preventiva, e não reativa. Instituições de saúde nos Estados Unidos, por exemplo estão em alerta e alguns especialistas apontam o que é importante considerar neste momento para minimizar possíveis danos futuros – veja mais nesse artigo aqui.

 

Tal como qualquer outro setor de negócio, a saúde vive, ainda que tardiamente, um movimento inevitável rumo à digitização, substituindo processos manuais ou à caneta por transmissão de dados e muitas outras soluções digitais para instituições e pacientes. E tal qual alguns outros setores (p.ex., financeiro), a informação de saúde possui valor crítico em termos de confidencialidade e disponibilidade – podemos dizer sem exagero que dela dependem vidas. É evidente, portanto, que a segurança da informação deva ser uma prioridade entre os empreendedores executivos do setor.

Continuar lendo

Terceiro dia movimentado no stand 5YFN

A quinta-feira seguiu movimentada no espaço da whizHealth na feira Hospitalar. Além dos muitos visitantes atraídos pelo stand colorido e receptivo, algumas startups realizaram reuniões com potenciais clientes e parceiros, otimizando sua presença no evento.

 

 

Recebemos  visitas de notáveis como Mônica Araújo, Diretora da Hospitalar e parceira de primeira hora do projeto 5YFN, e Ronaldo Munk, presidente da RioSaúde, empresa pública municipal do Rio de Janeiro que desenvolveu o PCO, solução digital inédita para otimização de agenda de cirurgias (saiba mais aqui).

Continuar lendo